sexta-feira, 15 de maio de 2009

Sim, eu perdi 2 bebês!

E não, não tá sendo fácil, sinto em dizer isso!

Hoje fazem 9 dias que minhas gêmeas se foram. Um outro momento conto a história toda, mas eu estava grávida de gêmeas, meninas, que se chamariam Maitê e Lavínia. Se chamariam porque não chegaram a nascer, elas se foram com 12 semanas de gestação.

Sabe, eu acho que chorei tudo o que tinha pra chorar e agora a sensação que tenho é que tudo foi um sonho bom. Tá certo que não quis a gravidez, que me desesperei por serem gemeos e por uma ifinidade de coisas, inclusive pelo fato de já ter um bebê. No começo, tive medo de contar pro meu marido porque sabia que ele era a única pessoa que poderia me apoiar. Se ele não me apoiasse, quem iria apoiar uma mulher de 21 anos, com um bebê de 10 meses grávida de gêmeos?

Quando decidi contar ao meu marido, ele já sabia do atraso na menstruação. Falei pra ele que sabia que ele iria soltar um rojão se eu não estivesse grávida. Ele disse que iria mesmo soltar um rojão se eu não estivesse grávida, mas se eu estivesse, ele soltaria uma caixa de rojões! E depois ficamos sabendo que eram gêmeos, depois veio a inclusão num programa especial com acesso a exames que o SUS não dá, a notícia de que seriam meninas, a escolha dos nomes...

Parecia tudo tão bem, tão gostoso! E aquela projeção do futuro, pensando nas três fazendo bagunça, saindo juntas, paquerando...

Eu não esperava perder e foi tão derrepente! Uma hora tinha duas menininhas lindas crescendo dentro de mim, na outra o útero está limpo. Irremediavelmente limpo!

Perdi tudo, não fiz curetagem, sangrei só por três dias e a única coisa que resta é a dor. E sozinha. Porque, de fato, até agora não tive vontade de dividi-la com ninguém.

Elas já tinham nome! Já eram minhas filhas!

Hj fazem 9 dias. E tenho a sensação de que vou contar os dias, e meses, e depois anos pra sempre!

Isso porque a gravidez durou só 12 semanas.

Tem dias que me animo, mas tem dias, como hj por exemplo, que fico mal o tempo todo. Eu voltei ao trabalho já, mas concentrar fica difícil.


E pronto, é isso!

Deixo registrado meu desabafo.

4 recadinhos:

Juliana disse...

Ow minha Flor...não tinha idéia do que você estava passando!!
Que barra!!! Fiquei triste por você, suas palavras trasnmitiram sua dor, mas com certeza não passou nem perto doque você sentiu!
Mas força...Papai do céu tá cuidando delas e elas de vocês!
Se segure na sua menininha linda e muita fé!
Logo logo essa dor será amenizada!
Mil beijos, muita luz!!
Ju e Clarinha!

Nícolas=Fruto de Amor disse...

Nossa amiga, eu tbm perdi um bebê com 12 semanas.
Foi antes de eu engravidar do nick. não foi facil não só eu sei a dor q passei.
Mas é assim a vida segue né.
imagino como sua dor deve ser dupla.
Bjs

Marcia e Giovanna disse...

Puxa, nw sei nem mto o que dizer.. mas deve ser uma barra mesmo! Mas Deus sabe o que faz.. e vc tem uma filha LINDA! Parabéns!

Adorei seu blog! Obrigada pela visitinha ;]
Bjos amiga e fique com Deus!

Maria Ivanilda Saraiva Milfont Moreira disse...

Querida Carla:

Parabéns por seu Blog, é um encanto!
Muito legal conseguir compartilhar um momento de dor como esse...
Passei por uma situação semelhante...
Aos trinta, engravidei pela primeira vez...
depois de 10 anos de casamento.
Era tudo que eu e meu marido sonhavamos...
um casalzinho!
Tudo corria bem... mas, na 18ª semana, uma das bolsas estourou.
Fiquei internada 15 dias, eles nasceram, mas nao sobreviveram...
Chorei muito...
fiquei triste, decepcionada...
Hj faz tres meses... hj agradeço a Deus, por nao ter permetido que nem eu, nem meus bebes sofressem mais q o necessario.
E confio, acredito q nada acontece por acaso!
Acredito que ainda teremos outros bebes, filhos cheios de vida e saude!
Q o Senhor abençoe vc... seu marido e sua princesa!
Beijinhos de Luz!!

PS: qdo tiver um tempinho visite meu blog: http://coordenacaopedagogica-ivanilda.blogspot.com/

Postar um comentário